quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Moedinhas nos acessórios do Neo Gipsy!

Os acessórios com muitas moedas penduradinhas tem balançado o coração da mulherada que gosta do estilo Gipsy!

Toda mulher é meio Leila Diniz tem um pouco de cigana... A tendência Neo Gipsy (nova cigana) é uma versão mais moderna desta mulher forte, alegre e cheia de vida, que vem pra afirmar que o exagero nem sempre é sinônimo de over. 

A sobreposição de acessórios é o que marca esta tendência, especialmente tudo que tem moedas. As moedinhas, na cultura cigana, simbolizam a prosperidade, trazendo riqueza material e espiritual. Por isto, quanto mais melhor! 

A onda dos festivais de música que estão bombando no mundo todo, fez com que várias culturas se misturassem em um estilo que chamamos de Boho Chic, especialmente os hippies da década de 70. Naquela época, a cultura cigana era muito forte e copiada pelos jovens que buscavam liberdade e se inspiravam nos costumes ciganos, inclusive imitando suas roupas e inúmeros acessórios. 

Com uma pegada mais contemporânea, para adotar o estilo Neo Gipsy não é preciso usar todos os elementos de uma vez só.Uma sobreposição de colares de moedinhas combina muito bem com jeans e camiseta, e se incluir uma jaqueta de couro ou um blazer de alfaiataria pode deixar o look ainda mais cool. Mas se você for do tipo total boho, se joga na tendência e misture muitos, muitos, mais muitos colares! Junte tudo com crochê, tie-dye, franjas, jeans rasgado e cabelos esvoaçantes, e seja uma legítima cigana moderna! Eu adoro e vcs???





terça-feira, 19 de agosto de 2014

Duas novas paixões!

Duas novas paixões do momento: a loja online Choies e os macaquinhos ou playsuits que vendem lá. Fiz uma seleção dos meus preferidos, mas acho melhor você dar uma checada no site porque a variedade de estilos é muito grande e com certeza um deles vai ganhar seu coração.

Tendência para o verão 2015, os macaquinhos prometem invadir as ruas e ganhar o guarda-roupa da mulherada. Com ele você pode montar um look mais arrumadinho ou despojado, tudo vai depender do modelo do macaquinho, tecido e acessórios que você escolher para combinar.
Vamos aos modelos?

Estou adorando esse modelagem tipo fraldão (ou boxer, como queira) de shorts e macaquinhos, fora que eu tenho um apreço por flores coloridas em fundo preto e esses penduricalhos de bolinha na barra do macaquinho. Esse modelo é ou não é a cara do conforto?
Pra ver o preço desse modelo clica no link amarelo AQUI


Um modelo mais arrumadinho com recortes clássicos e detalhe de miçangas prateadas bordadas na gola enriquem a peça. Pra ver o preço desse modelos clica no link amarelo AQUI


Para as românticas, macaquinhos com estampas fofas de gatinho, florzinhas e manga de princesa. Pra ver o preço dos modelos clica nos links amarelos AQUI e AQUI.


O short-saia agora virou macaquinho-saia, rs. Apesar do mix de estampas clássicas do inverno (xadrez e pied-de-poud) o macaquinho segue bem para o verão sem destoar com a estaçãoo. Pra ver o preço desse modelo é só clicar no link amarelo AQUI.


Com proposta mais descoladinha o macaquinho floral em fundo branco tem manga longa e o pink de alcinha tipo boxer são perfeitos para o verão!  Pra ver o preço dos modelos clica nos links amarelos AQUI AQUI.


quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Pra se dar bem no mundo digital!

Há cinco atrás abri meu blog, na sequência criei uma fanpage, passo horas no Facebook e não fico sem monitorar o Instagram pelo menos de meia em meia hora. Ou seja, praticamente me transformei numa Heavy User de redes sociais. Ao ponto de achar que, por isso, poderia ganhar algum dinheiro com o mundo virtual, mas cheguei a conclusão que não bastava ser uma "fuçadeira digital" para trabalhar com as mídias sociais, era preciso ir além. 

Foi então que resolvi investir no que eu gosto! Afinal todo mundo adora ficar no Facebook, agora imagina ganhar dinheiro com isso?? 




Aqui em Vitória a gente tem poucas chances de aprender mais sobre as mídias sociais e eu não perco uma boa oportunidade quando ela aparece! Com certeza nos próximos dias 28, 29 e 30 de agosto estarei aprendendo um pouco mais sobre o universo digital com os cursos "Marketing Digital e o Universo da Moda", "Prospecção em Redes Sociais" e "Facebook Marketing"
Quem vai ministrar os cursos é Rafael Terra, fera em ações de marketing de redes sociais e CEO da empresa Fabulosa Ideia, de Porto Alegre.   

Se interessou também, então vou te dar o caminho das pedras. As inscrições estão abertas e podem ser feitas no link amarelo http://bit.ly/RafaelTerra. E ó, o preço tá super amigo. São apenas 180 reais (estudante pago 120 reais) para os cursos de 4 horas e 320 reais (estudante paga 270 reais) para o com duração de 8 horas. Os valores podem ser pagos por boleto bancário, cartão de crédito e cartão de débito (em até 12 X, uhuuuul!). 




























terça-feira, 12 de agosto de 2014

Não, obrigada! Essa eu passo.

Tem algumas tendências de moda que por mais extravagante que seja a gente acaba se acostumando até chegar ao ponto de usá-las. Acho mesmo que sempre dá pra inventar uma forma legal de usar uma peça controversa, mas definitivamente estou com dificuldades de engolir essa nossa trendy. #essaeupasso
Já tinha visto em editorias de moda e celebridades gringas usando, mas sinceramente não achei que fosse ver em terras brazucas tão cedo. Mas eis que durante a cobertura do blog, no Vitória Moda vi a nossa linda top internacional Gizele Oliveira, no backstage, usando a tal extreme cut out jeans. Por um momento fiquei chocada, mas aos poucos fui me refazendo do susto, rsrs (brincadeirinha, gente).

Só mesmo a Gizele, que mora em Miami (e está de malas prontas pra Nova Iorque) pra trazer essas "mudernidades" gringas tão up to date  pra Vitorinha. #elapode








Quem será que criou isso ou será que foi um dye que não deu certo?? Tudo bem que muitas fashionistas já aderiram ao jeans destroyed, mas essa calça over rasgada foi um pouquinho longe demais, né? Eu acho até que trata-se de mais uma dessas "pegadinhas sazonais" que a moda nos prega de vez em quando e eu vou falar uma coisa pra essa extreme cut out jeans: querida, você não vai me pegar. Pode ser a produção mais incrível, mas você definitivamente não estão na minha wish list


























sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Vitória Moda - Primeiro Dia

Pelo quinto ano consecutivo o Look Legal foi credenciado para fazer a cobertura do Vitória Moda, evento que reúne diversas marcas capixabas. A maratona fashion teve duração de três dias e esse ano aconteceu no Itamaraty Hall.




PRIMEIRO DESFILE do primeiro dia, reuniu um pool de três marcas: a Surreal, a Praia e a Clutch. O desfile da Surreal abriu os trabalhos do Vitória Moda.
Estreante na passarela do VM, a marca Surreal quis parecer rebelde e transgressora, mas o "mise en scene" que rolou na passarela beirou uma apresentação do ensino médio (lembrei da abertura da Copa do Mundo). Uma menina ficava parada na entrada da passarela e a medida que as modelos iam entrando, entregavam uma peça de roupa que ela ia vestindo ali mesmo. Ao final do desfile, com o "figurino" completo, todas as modelos se juntaram a ela e com estandartes em punho saíram "protestando" passarela afora num gran finale-animadão. 


Tudo aconteceu ao som de Caetano e o tema "Tropicalhe" ganhou intervenção funkeira! É claro que, referências ao movimento hippie estavam presentes, caracterizado nos cabelos "a la Gal Costa". 


Para resumir, os looks desfilados pela Surreal giraram em torno de estampas floral, quimonos, franjas, rendas, transparências e um tiquinho de preto pra não dizer que não falei do black. É claro que as irmãs Colodetti não iam deixar por menos e conseguiram laçar meu coração com essa sainha de modelagem balonê, uma das peças mais legais e diferentinhas do desfile. 


Ponto forte que encantou geral foi a beleza Surreal. Metade de uma flor colada na lateral do olho foi a grande sacada, sem falar na sombra colorida que evidenciou a proposta flower power. Amei!


Já a Praia (o nome é simples assim) foi feliz por não pecar pelo excesso, fez um desfile comercial, sem grandes surpresas e ponto! 
Curti muito a estampa da coleção e o laranja pra mim é um caso antigo. Portanto já estou desejando o kaftan com mini pompons preto que fazem o acabamento da peça. 
O truquezinho de usar hipoglós nos lábios pra elevar a vibe surfística tá bem batida, mas sempre funciona bem.


Trazendo pra passarela a experiência no seu DNA e como sucessora da marca Lei Básica, a Clutch tem tudo pra dar certo. Com concepção criativa de Mari e Juliana Vieira, as guerreiras da Clutch desfilaram a AfrikaLand com estampas de plantas, animal e tribal.
O colete com franjas foi uma opção ou uma variação do quimono, que também marcou presença no desfile da Clutch.



Confeccionado com exclusividade para o desfile da Clutch, a headband da Miss Girassol  fez o maior sucesso e segundo consta tem fila de gente querendo o enfeite de cabeça. #eutambémquero
A beleza optou pelo delineador branco no côncavo do olho e traços indígenas nas laterais da maça do rosto.


A parceria nos acessórios não poderia ser mais acertada, a botinha da Manolita completou o tom tribal do desfile.


SEGUNDO DESFILE - Eu gosto mesmo é de me ater aos detalhes, buscar o que cada coleção apresenta de diferente e que por muitas vezes passa despercebido pelos olhos menos atentos. O desfile da Amabilis, por exemplo, trouxe alguns exemplos de como uma moda clássica e tradicional pode surpreender nas minúncias. 
Para a peça mais bombardeada nos desfiles do Vitória Moda, o quimono, a Amabilis mostrou modelagem diferente que transformava a peça numa espécie de capinha.

A marca trouxe algumas peças como calça, vestido e saia em tecido com recortes a laser que proporcionaram um efeito 3 D na passarela.   

O tradicional blazer foi sensualizado com decote V profundo, generoso e recorte na costas como você vê na foto abaixo. O metalizado da calça ainda confere uma pitada a mais de ousadia à produção.


































TERCEIRO DESFILE - A Cobra D'agua foi a grande surpresa dessa edição do VM. Acostumada a trazer para a passarela um formato super comercial, dessa vez a marca investiu em um desfile conceito, mostrando que aprendeu a lição.
Velas gigantes foram dispostas ao longo da passarela e o ambiente praiano foi reforçado pela trilha da banda Macucus que tocou ao vivo: "sou da água e do sol, sou filho do rei sol".



























O desfile da Cobra'agua fez bem aos olhos. Foi um espetáculo de cores em estampas que tiveram forte tendência em formas geométricas, florais e elementos náuticos (leia-se estampa digital do mar e mini âncoras).

Entre as matérias primas apareceu o neoprene, a sarja, o flamê além das peças impermeáveis. Pode querer o conjuntinho aí de cima, Cobra D'agua ???

  
Truquezinho de stylist daqueles que a gente fica de olho no lance. A peça de beachwear usada por baixo da bermuda jeans deu um efeito super interessante na produção. Com a beiradinha saindo pra fora, de costas parecia que a cuequinha estava à mostra.

Um pouco do backstage mostrando os modelos antes de entrarem na passarela, a beleza com a nossa top internacional Gizele Oliveira e os acessórios hiper coloridos no "Verão sem fim", da Cobra D'agua.


terça-feira, 22 de julho de 2014

Depois do maxi, o mix de colares!

Depois da overdose dos maxi colares, agora é a vez do mix de colares de correntinhas com pingentes delicadinhos. 

A dica é usar colares em camadas, com alturas diferentes, para que cada pingente tenha seu destaque. E as possibilidades são infinitas! Misture pingentes com um mesmo tema ou que combinem entre si. Você também pode combinar os colares mais finos com correntinhas mais longas. Enfim, a sua imaginação é que manda.




O mix de colares delicados fica muito bem para usar com camiseta em gola V, ou até com vestidos e roupas mais sociais. Use pelo menos dois colares diferentes para dar o charme final.



quarta-feira, 25 de junho de 2014

A moda que espanta os homens!

A novidade é que chegou às livrarias brasileiras o esperado "Man Repeller - A Divertida Moda Que Espanta Os Homens", de Leandra Medine, pela editora  Novas Ideias. O livro conta memórias, acertos e gafes na vida e na moda. Com jeito insolente, uma franqueza desconcertante e fotos de seu arquivo pessoal, Leandra compartilha e descreve que não precisamos trair nosso estilo repelente ou fashionista. Exibindo as opiniões originalíssimas, o livro reúne experiências divertidas e meio bizarras, uma história amor super doce e, acima de tudo, um lembrete para celebrarmos um mundo que é feito pelas mulheres e para as mulheres. Entre as passagens mais interessantes estão o trecho sobre o sonho infantil de ser uma Spice Girl e a obsessão por Sarah Jessica Parker.

#ficadica de leitura no mínimo muito engraçada e descontraída sobre o fantástico mundo fashion. E quem desejar um exemplar, é só clicar aqui e comprar!


O Man Repeller é um dos blogs mais divertidos do mundo da moda, que acumula mais de 5 milhões de acessos por mês. Leandra zomba de composições de roupas perfeitamente aceitáveis no mundo da moda, mas que são, como ela chama, “man repeller”, ou seja, que assustam os homens. Ela mostra truques de styling que funcionam muito bem nos editoriais, mas não tanto na vida real.


quarta-feira, 11 de junho de 2014

É para ficar de olho!

Não dá para saber de fato de onde veio a inspiração, mas eu suspeito que a febre começou depois que os olhos místicos que acompanharam a tendência wicca e celta (pede ajuda pro wikipédia) ganharam destaque. Daí foi um pulo… a Kenzo investiu e na mesma temporada a Dior bordou olhos surrealistas em vestidos, a brasileira Triya fez estampas nos maiôs e brincos na primavera-verão 2013/14 e a inglesa Libertine também apostou na ideia na coleção de primavera/verão 14.


Agora os olhos estão em todos os lugares e você encontra em qualquer fast-fashion. Mas qual o significado dos olhos? Bem, depende da “vertente”, mas na vibe mística o mais famoso, o olho grego, é um talismã contra a inveja e o mau-olhado. É também conhecido como um símbolo da sorte e funciona contra energias negativas. O olho da providência, conhecido como “o olho que tudo vê” costuma ser interpretado como a representação do olho de Deus observando a humanidade.


É claro que eu já estou de olho, sem trocadilhos, nesses modelitos. E a Romwe que está sempre ligada nas "tendença" tem na sua loja online peças com estampa de olhos. Eu já arrematei o vestido tubinho (estou esperando chegar) e já estou desejando a sainha que além da cor que amo, tem o tal olho da providência. Se você também curtiu, seguem os links pra comprar a saia - http://zip.net/bwn6Mx e o o vestido http://zip.net/byn7DDAh, o frete é grátis!